Reservado, Reserva ou Gran Reserva: O Que Significam Estes Termos?

É muito comum encontrarmos estes termos nos rótulos do vinhos, principalmente nos vinhos da Espanha e América do Sul, embora outros países têm adotado cada vez mais estes termos.

Aparentemente, eles parecem conferir um selo de qualidade ao vinho, que seriam dessa forma de qualidade superior.

Alguns anos atrás, um vinho que vinha com o termo Gran Reserva no rótulo dificilmente custava menos de R$ 100,00 aqui no Brasil. No entanto, hoje é comum encontrarmos vinhos de menos de R$ 40,00 ostentando esses termos no rótulo.

A pergunta que se faz é se eles realmente significam alguma coisa a mais em qualidade ou se são somente estratégia de marketing.

Barris de Carvalho

Vinho envelhecendo em barris de carvalho em uma vinícola, na Espanha.

Na verdade, estes termos são de origem espanhola, onde eles são definidos por legislação e tem que cumprir certos requisitos para poderem colocar estes termos nos rótulos dos vinhos.

Para os vinhos espanhóis, temos o que se segue.

Crianza: vinhos que ostentam a palavra crianza, que quer dizer berçário em espanhol, passaram pelos menos 6 mese em barris de carvalho e mais 2 anos na garrafa antes de distribuídos para serem comercializados.

Reserva: indica que o vinho passou pelo menos 12 meses em barris de carvalho e que ficou mais 2 anos armazenado em garrafa antes de comercializado.

Gran Reserva: para ostentar este termo no rótulo, um vinho espanhol tem que ter passado pelo menos 3 anos em barris de carvalho e mais 2 em garrafa.

Nos vinhos da América do Sul, estes termos são meio vagos, pois como não existem uma legislação específicas sobre este assunto, estes procedimentos não são padronizados e variam de produtor para produtor.

Como regra geral, normalmente reserva significa que o vinho passou por um tempo em barris de carvalho e o gran reserva mais tempo ainda. Mas o tempo aqui depende de cada produtor.

Tem que se observar ainda que o fato do vinho passar por barril de carvalho não significa necessariamente que se trata de um vinho superior. Na verdade, o uso exagerado do carvalho pode produzir vinhos desequilibrados e enjoativos, quando outras características são negligenciadas.

Em tempo, o termo Reservado, comum nos rótulos de vinhos mais simples da América do Sul não significam nada de especial em termos de qualidade, sendo apenas usado como estratégia de marketing.

Uma ideia sobre “Reservado, Reserva ou Gran Reserva: O Que Significam Estes Termos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>